Vou montar um quadricóptero!

Gostaria de compartilhar com vocês um assunto com o qual estou bastante empolgado.

Decidi montar um quadricoptero, e pretendo colocar todo o passo-a-passo aqui, para se caso algum de vocês se interessar, ter de onde partir.

Tudo começou, no longínquo ano de 1993 (mentira, não lembro o ano exato, mas deve fazer uns 20 anos), vi algo que me fascinou! um Helicóptero de controle remoto, em um desfile de escola de samba, na tv (Não me julgue: Há 20 anos atrás, em uma cidade de interior, só havia um canal de tv que pegava com poucos chuviscos, e carnaval era o que tínhamos de aguentar, com todas as repríses possíveis, durante o mês de fevereiro).

Parecia inimaginável, você poder controlar uma aeronave de “brinquedo”, que voava como uma de verdade!

Mas inimaginável também, eram os preços destas belezinhas naquela época, Custavam LITERALMENTE, MILHÕES (Até porque a moeda na época era o cruzado cruzeiro cruzeiro real). Só quem tinha muito dinheiro podia voar.

Sim, este é Ayrton Senna, voando com seu helicoptero em 1985.

Sim, este é Ayrton Senna, voando seu helicoptero em 1985, ele podia bancar a brincadeira!

 

Avancemos agora para 2010: O cenário já é um pouco diferente, como é comum para a maior parte dos eletrônicos, os aeromodelos, bem como suas peças receberam em suas embalagens a famosa frase MADE IN RPC, ou MADE IN CHINA, para os íntimos, e como tudo que é produzido na china, teve seu preço bastante reduzido.

Nos anos subsequentes, conheci diversas lojas chinesas que comercializavam aeromodelos e peças, e vi seus preços caírem a cada mês. Até que nos últimos dias de uma viagem que fiz para os EUA em 2012, em um quiosque que passei, em um outlet, comprei o meu primeiro helicóptero:

Meu U3, de 3,5 canais.

Meu U3, de 3,5 canais.

 

Um episódio cômico, foi trazê-lo dos EUA: As malas grandes estavam cheias, abarrotadas de roupas, então resolvi tirá-lo da caixa e levá-lo comigo na mala de mão, mas nem me lembrei que teria de passar minha mala pelo raio-x, não tive como não rir, ao ver o oficial de segurança, fazer um belo FACEPALM, ao ver o helicóptero no meio dos meus pertences, enquanto inspecionava as malas.

airport

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

Ao logo  dos meses, me diverti bastante, e nem precisei usar as hélices extras, pois depois de aproximadamente 1 ano a bateria começou a dar sinais de que não sobreviveria muito tempo. Até tentei encontrar uma bateria igual, mas por se tratar de um brinquedo barato, infelizmente é difícil achar peças de reposição, e quando estão disponíveis, custam metade do valor de um brinquedo novo.

Há alguns meses participei de uma promoção realizada pelo Skooter Blog, que inclusive postei aqui, e para minha surpresa ganhei um outro helicóptero, um pouco menor, mas com uma função muito legal, gravava os videos do vôo em um cartão micro sd.

Mas como alegria de pobre dura pouco, fui taxado em 80 reais, pela dona Dilma receita federal, e o helicóptero parou de funcionar em apenas dois dias.

Mais recentemente, em razão do meu casamento, retomei o contato com um amigo de longa data, o Thiago, que juntamente com a Camila, sua esposa, convidamos para fotografar nosso casamento.

Em um dos vários encontros que tivemos, para tratar dos detalhes das nossas fotos, comentei sobre o problema que tive com o helicóptero que ganhei na promoção, ele disse que havia comprado as peças para montar um quadricóptero, e comentou sobre os detalhes da montagem.

Imagem gentilmente cedida roubada do Instagram do thiago, com seu quadricoptero e sua assistente, a Mia.

Imagem gentilmente cedida roubada do Instagram do Thiago, com seu quadricoptero e sua assistente, a Mia.

Acompanhei o processo de montagem e os tombos  as tentativas de vôo os ajustes finos do quadricoptero pelo instagram/facebook. Desde então, assisti milhares de vídeos sobre isso, e praticamente todas as conversas que tivemos, incluíam algo sobre o quadricóptero, e ele tentando me convencer a montar um!

No final de março após convencer minha esposa terminar a maior parte das despesas do casamento, resolvi comprar as peças para montar meu quadricoptero!

Durante os próximos posts descreverei, passo a passo, todo o processo, à medida que eu for realizando: Escolha das peças, compra, montagem, configuração, vôo, tombos, reparos, etc.

Se você leu até aqui, parabéns e obrigado pelos minutos de sua atenção :)


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/ccomp/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273